Saiba como funciona o Empréstimo Consignado

consignado
O empréstimo consignado traz diversas vantagens quando comparado aos outros tipos de crédito. Veja no nosso post como ele funciona e quais são os benefícios!

Um empréstimo consignado pode ser uma boa ideia quando se está precisando de um dinheiro a mais no mês para quitar uma dívida, fazer uma viagem ou iniciar a sua firma. Como ele tem algumas vantagens quando comparado a outros tipos de empréstimo, muitas pessoas optam por pedir um desse modelo.

Entretanto, ele não é para todo mundo. Se você está pensando em pedir um empréstimo, continue lendo o nosso post para descobrir se o consignado é uma boa opção para o seu caso. A seguir, vamos explicar todos os detalhes dessa modalidade. Confira!

O que é o empréstimo consignado?

É um modelo de crédito em que as parcelas são descontadas diretamente do seu salário ou aposentadoria. Os pagamentos são todos fixos, ou seja, têm o mesmo valor e são realizados na mesma data de cada mês.

Por essa razão, os grupos que podem solicitar esse tipo de empréstimo são os aposentados, pensionistas do INSS, servidores públicos e trabalhadores de empresas privadas com carteira assinada (com algumas ressalvas). Nesse último caso, a instituição contratante precisa ter convênio com algum banco e o solicitante deve confirmar se há a possibilidade de realizar esse tipo de negócio.

O empréstimo consignado, geralmente, é fornecido para aposentados, pensionistas e funcionários públicos, porque eles possuem mais estabilidade. Assim, apresentam mais segurança para os bancos e instituições financeiras que disponibilizam o crédito. Como as chances de as parcelas serem pagas são maiores, as taxas de juros são menores que em outros tipos de empréstimo.

Além disso, outra vantagem para o solicitante dessa modalidade de crédito é que os credores não acessam o SPC ou o Serasa. Sendo assim, mesmo que a pessoa esteja com o nome negativado, ela tem chances de conseguir o crédito.

Caso ela tenha o pedido aceito, é necessário assinar o contrato e fazer a averbação para que o dinheiro seja liberado. Em geral, a liberação é feita rapidamente, em até 48 horas. Contudo, o tempo varia de acordo com a empresa responsável pelo fornecimento do crédito.

Apesar de esse modelo ser bastante concedido às categorias citadas anteriormente, existem certas diferenças na solicitação de um aposentado ou pensionista do INSS e na de servidores públicos.

Como é para aposentados e pensionistas do INSS?

Para conseguir o seu empréstimo consignado, em primeiro lugar, você precisa verificar se atende aos requisitos necessários. No caso de aposentados e pensionistas do INSS, você tem que conferir se faz parte das espécies consignáveis do órgão.

Essa lista é extensa e várias categorias estão incluídas nela, como a aposentadoria por tempo de contribuição, por idade e a pensão por morte especial. Para ver a lista completa, clique aqui. Os requerentes precisam ter, pelo menos, 25 anos completos para solicitar o crédito consignado.

O pagamento do empréstimo pode ser feito em diversas vezes, chegando a até 72 parcelas, em algumas situações. O valor cedido pela instituição financeira vai depender de quanto você recebe por mês, porque há um limite estabelecido pelo Banco Central.

De acordo com o órgão, a parcela não deve ultrapassar 35% do valor do seu salário ou benefício. Isso vale também para os servidores públicos federais. Como o dinheiro é retirado do pagamento do devedor automaticamente, o Banco Central implementou essa medida para que boa parte do salário ainda ficasse com quem solicitou o crédito. Dessa maneira, as economias dele não seriam tão afetadas pelo empréstimo.

Ainda, as taxas de juros nominais nessa modalidade são pré-fixadas. Para os pensionistas e aposentados elas têm um teto de 2,08% ao mês. Ou seja, são bem menores que em outros tipos de crédito.

Caso você opte por pedir o empréstimo consignado, certifique-se de que a empresa em questão tem autorização para liberar o crédito para aposentados e pensionistas do INSS, porque não são todas as instituições que possuem. Se ela tiver, ótimo!

Já se você estava pensando em pedir algum crédito, mas não queria necessariamente um empréstimo, há outra maneira de fazer isso. Atualmente, estão disponíveis os cartões de crédito consignado.

Como funciona o cartão de crédito consignado?

Assim como o cartão de crédito comum, o consignado pode ser usado para fazer compras, pagar serviços e realizar saques. Entretanto, ele é chamado de consignado, porque da mesma maneira que acontece com o empréstimo, uma fatia da fatura do cartão é descontada do salário ou benefício do titular.

No cartão, também há um limite de crédito estabelecido pela instituição financeira. Esse limite deve corresponder a, no máximo, 5% da sua renda mensal. Você se lembra dos 35% de limite do empréstimo consignado?

Então, 5% podem ser separados desse total somente para os gastos com o cartão de crédito. Sendo assim, 30% você é capaz de gastar com o empréstimo e outros 5% podem ficar exclusivamente para o cartão, se você desejar.

Vamos dar um exemplo para ficar mais fácil. Se você ganha R$ 3.000,00 e quer fazer tanto o empréstimo quanto o cartão, é capaz de conseguir uma parcela de crédito de R$ 900,00 no empréstimo consignado e R$ 150,00 no seu cartão de crédito. Dessa maneira, no vencimento de sua fatura serão descontados os R$ 150,00.

Apesar de esse ser o valor abatido pela instituição financeira, a sua fatura total pode ser superior a essa quantia. Caso ela seja maior que o montante de R$ 150,00, o mais adequado é pagar a quantidade excedida no dia do vencimento. Se você não conseguir, os juros sobre o valor serão cobrados até que você quite o boleto.

Mais uma vez, como há a garantia de que a fatura mínima será paga, as taxas desse cartão são bem menores que dos comuns, podendo chegar a ser até cinco vezes mais baixas que a de um modelo tradicional.  A média das taxas, geralmente, é de 3% a 3,5% ao mês, variando de acordo com o banco.

Além disso, não há anuidade nesse tipo de cartão e a fatura também pode ser dividida em 72 vezes. Outra vantagem desse cartão é que, da mesma forma que o empréstimo consignado, ele também pode ser liberado para pessoas negativadas. Para pedir um, os indivíduos desse grupo devem ter, no máximo, 68 anos e 11 meses.

E como é o empréstimo para servidores públicos federais?

Na categoria de servidores públicos federais, os grupos que podem pedir o empréstimo consignado são: servidores efetivos civis e militares, cedidos, aposentados e pensionistas da Administração Direta e Indireta, pensão temporária, militares do Distrito Federal, pensão temporária partilhada entre benefícios e aposentados e pensionistas do órgão FUNASA (Fundação Nacional de Saúde).

Os solicitantes devem ter, no mínimo, 18 anos para requerer essa modalidade de empréstimo. No caso de pensão temporária é preciso ter 25 anos completos, assim como para os pensionistas do INSS, e ainda o requerente deve ser do sexo feminino.

As parcelas, que também são descontadas do salário do devedor, podem ser pagas entre 12 e 96 meses. Caso o solicitante do empréstimo queira quitar o valor antes do prazo, é possível. Basta negociar com o responsável pelo crédito.

Para os servidores públicos há o mesmo limite de 35% da renda líquida, igualmente acontece com os aposentados e pensionistas do INSS. Entretanto, como a renda dos servidores geralmente é maior, o valor do crédito tende a ser superior ao conseguido pelos beneficiários do INSS.

As taxas de juros para essa categoria são de, no máximo, 2,05% ao mês. Por isso, quem tem a oportunidade de pedir esse modelo de empréstimo frequentemente o faz, já que o valor das taxas compensa bastante quando comparado ao montante das de créditos pessoais.

Para realizar esse negócio, além de se encaixar em alguma das categorias de servidor público federal, a instituição para qual você trabalha precisa ter um convênio com a empresa responsável pelo empréstimo. Se ela não possuir, você pode pedir e analisar se existe essa possibilidade, já que esse é o único jeito de o credor firmar um contrato com um servidor público.

Essa categoria pode ter cartão de crédito consignado?

Sim, os servidores públicos federais também tem direito a um cartão de crédito consignado, se assim desejarem. Ele funciona da mesma maneira que para os aposentados e pensionistas do INSS, sendo que os usuários devem ter a idade mínima de 18 anos e máxima de 68 anos e 11 meses.

Onde é possível contratar um empréstimo consignado?

Há diversas empresas que disponibilizam o empréstimo consignado, como bancos e instituições financeiras. Ele pode ser feito pessoalmente em um estabelecimento ou até mesmo de forma totalmente online com organizações que realizam esse tipo de serviço, como a Youbo.

Na hora de contratar o seu crédito, observe quais são as vantagens que a instituição lhe oferece e se há praticidade para fechar o negócio. Lembre-se ainda de analisar com cuidado qual tipo de transação é melhor para o seu objetivo, se é o empréstimo com cartão de crédito consignado ou somente uma das duas opções.Depois de decidir qual modelo de serviço deseja pedir, planeje-se para que suas finanças sejam suficientes para pagar as outras contas do mês, além das parcelas do crédito. Agora que você já sabe todos os detalhes sobre o empréstimo consignado, que tal fazer uma simulação de crédito?

1 Shares:
Talves goste
Score
Mais

Como Aumentar o Meu Score

Vários brasileiros buscam bancos na esperança de ter aquele empréstimo para quitar débitos que possuem. Quem deseja ser aprovado, deve ter um ótimo score!