Cartão de crédito: tudo que você precisa saber

cartão de crédito
cartão de crédito

O cartão de crédito é um recurso muito comum hoje em dia, não é mesmo? Você já deve ter vivido, ou ao menos ouvido falar, em situações onde ele foi de grande utilidade, ajudando a fazer uma compra ou solucionar um imprevisto, por exemplo.

Também já pode ter conhecido alguma experiência não tão positiva assim, onde ocorreram dívidas ou descontrole no orçamento. É para evitar essa possibilidade e aproveitar apenas as vantagens do cartão de crédito que, no artigo de hoje, resolvi falar sobre os seus principais detalhes. Você vai conhecer os tipos de cartão, as cobranças, o funcionamento e algumas normas dessa ferramenta. Continue a leitura para saber mais!

1. Saiba como funciona o cartão de crédito

O cartão de crédito é um recurso oferecido por bancos e outras instituições financeiras, que te permite fazer empréstimos para pagar por itens variados. É possível fazer essas compras de maneira integral ou parcelada.

O empréstimo, no caso do pagamento integral, será cobrado inteiramente na sua próxima fatura. Quando a compra for parcelada, as prestações virão nas faturas dos próximos meses até que tudo esteja quitado. Ao adquirir o cartão, também são incluídos juros, taxas e outras cobranças a se atentar, como será comentado mais a frente.

Além desses fatores, é importante compreender outras características dessa ferramenta para entender como ela funciona, como o limite, as tarifas e as faturas. Vou descrever esses três pontos a seguir.

Limite

Todo cartão de crédito vem com um limite pré-definido, que costuma ser escolhido pelo cliente. Você só poderá fazer empréstimos de valores que se encontrem dentro dessa faixa. Ou seja, se seu limite for de R$ 1.500,00, por exemplo, esse será o máximo que você poderá passar no cartão.

As compras parceladas também se encaixam nessa regra. O valor de cada parcela deve caber dentro do seu limite, que ficará comprometido até que todas as prestações sejam pagas.

Tarifas

Existem cinco tarifas que podem ser cobradas no cartão de crédito. São elas:

  • anuidade: taxa cobrada pela posse do cartão de crédito. Alguns bancos e instituições oferecem cartões que não incluem essa tarifa, podendo ser uma vantagem para ficar atento;
  • pagamento de contas e boletos: taxa cobrada quando se paga uma conta bancária com o cartão de crédito. Essa tarifa também é acrescida de IOF, portanto, é importante se lembrar que sua conta se torna mais cara assim. A mesma regra vale para o cartão de débito e o débito automático, então ideal é optar por outra maneira de pagar os seus boletos;
  • aumento emergencial do limite: também chamada de avaliação emergencial de crédito, essa é a tarifa cobrada se você gastar para além do seu limite ou pedir ao banco que o aumente de maneira repentina. Muitos consumidores não conhecem esse fator e acabam se surpreendendo, por isso é importante ficar atento;
  • saque: tarifa cobrada caso você decida sacar dinheiro com seu cartão, no Brasil ou em outros países. Nesse último caso, o banco também pode cobrar juros e IOF;
  • segunda via: se você perder seu cartão ou sofrer roubo ou furto, será preciso avisar ao banco para bloqueá-lo e será cobrada uma tarifa pela segunda via. Essa cobrança só não poderá ser feita se seu cartão for bloqueado por falha de operação ou tentativa de fraude, desde que você não tenha facilitado esses processos.

Faturas

As faturas devem ser pagas mensalmente e trazem os gastos do mês anterior, além de outras cobranças, como taxas e tarifas, por exemplo. Caso elas não sejam pagas até a data de vencimento, você pode precisar pagar mais juros ou até ficar negativado.

Existe a possibilidade de parcelar sua fatura ou pagar o valor mínimo, entrando no rotativo. Essas opções, no entanto, devem ser evitadas ao máximo, por mais vantajosas que pareçam. Elas normalmente se tornam dívidas maiores e trazem ainda mais complicações. O mais recomendável é que você tome cuidado e se planeje para sempre pagar o valor total de cada fatura.

2. Conheça as cobranças de juros do cartão de crédito

Além das tarifas, os juros são outro ponto importante para se atentar quando o assunto é cartão de crédito. Eles podem ser cobrados em diferentes situações, como no atraso de pagamentos ou quando você não paga o valor total da sua fatura. Para explicar melhor, seguem os principais tipos de juros abaixo.

Juros de mora

Os juros de mora podem ser cobrados quando você atrasa o pagamento da sua fatura. Essa cobrança, especificamente, pode acontecer mesmo sem estar prevista no contrato de adesão. Nesse caso, porém, ela só pode chegar a até 0,5% do valor total. Quando está previsto no contrato, o valor desses juros pode ser de até 1%.

Crédito rotativo

O crédito rotativo acontece quando você opta por pagar o valor mínimo, ou algum valor que não seja o preço total da sua fatura. Ele é um dos juros mais caros encontrados no mercado e muitos consumidores se complicam ainda mais com essa alternativa.

Existe muita probabilidade de aumentar suas dívidas e criar uma bola de neve com essa opção, então é importante evitá-la ao máximo. Também se incluem no rotativo os juros de mora, juros da fatura e o IOF.

Parcelamento do cartão

Assim como o rotativo, o parcelamento pode ser uma opção quando não há possibilidade de se pagar o valor total da sua fatura. Nele, também estão inclusos juros e o IOF, mas essa linha de crédito costuma ser mais barata. As parcelas podem ser fixas ou variáveis e não é possível optar pelo valor mínimo.

O parcelamento também deve ser evitado, devido aos juros e à probabilidade de se endividar. É necessário se prevenir, se planejar financeiramente e ficar muito atento para não precisar recorrer a esses recursos.

3. Descubra os principais tipos de cartão de crédito

Agora você já conhece as características de um cartão de modo geral, mas a verdade é que existem várias modalidades desse recurso. Separei as principais delas a seguir, comentando também suas especificidades para deixar tudo mais claro. Confira!

Nacional

Esse é um bom cartão para quem está começando a cuidar das suas finanças agora ou quem tem baixa renda. Ele só pode ser utilizado para compras nacionais e costuma ser mais acessível.

Internacional

Esse cartão já pode ser utilizado em outros países, com as devidas tarifas a serem cobradas. Seu limite e sua anuidade costumam ter custos mais elevados.

Universitário

Como o próprio nome já diz, essa modalidade é voltada apenas para universitários, sendo necessário comprovar essa situação para adquiri-la. Ela funciona, basicamente, como o modelo tradicional, mas apresenta algumas vantagens para facilitar a vida de seu público. É possível não haver a anuidade ou ter facilidades no pagamento das faturas, por exemplo.

Afinidade

Esse modelo também se assemelha ao tradicional, mas permite que o usuário contribua de maneira indireta para Organizações Não Governamentais (ONG’s), a partir de uma parceria formada. Você pode contribuir para ações ambientais e sociais, como auxílio à Amazônia, entre várias outras.

Co-branded

São tipos de cartões que trazem parcerias com franquias, redes e indústrias, por exemplo. Dessa maneira, eles dão ao cliente diversas vantagens nesses estabelecimentos, como descontos e ofertas exclusivas.

Virtual

São cartões voltados para compras e algumas transações por Internet, com o objetivo de garantir mais segurança a seus usuários. Eles existem apenas de maneira virtual, mas funcionam normalmente dentro do mundo digital, como outras formas de pagamento.

Pré-pago

Sabe a recarga de celular? O modelo de cartão de crédito pré-pago funciona basicamente da mesma maneira: você carrega com antecedência o valor que poderá ser gasto.

Gold

A modalidade Gold é conhecida por seus benefícios, como proteção de preço, programa de garantia e possibilidade de troca de cartão emergencial. Sua anuidade é mais cara e ele e voltado para quem tem renda a cima de R$ 2.000,00 ou R$ 2.500,00.

Platinum

Esse é outro modelo com benefícios especiais, como assistência em viagens (podendo incluir atenção médica para emergências), promoções e parcerias com hotéis. Sua anuidade é ainda maior que a do cartão Gold e ele é voltado para rendas a partir de R$ 5.000,00 ou R$ 6.000,00.

Black

Também conhecido como Infinite, esse cartão costuma se dirigir a rendas de, no mínimo, R$ 15.000,00 ou a quem faz certos investimentos. Ele normalmente é adquirido por meio de convites e seus benefícios incluem programas de fidelidade, seguro para automóveis alugados e para bagagem e tratamento diferenciado em hotéis, entre outros.

Como se pode ver, cada cartão tem suas particularidades. Alguns são destinados a públicos mais específicos, enquanto outros se adequam a diferentes grupos. Dentro desse cenário, é importante avaliar qual o mais adequado para você. É possível levar diversos fatores em conta: o cartão pré-pago, por exemplo, pode ser uma boa opção para ter um maior controle ou mesmo oferecer mesada a um adolescente. Fique de olho e avalie suas alternativas.

4. Veja como adquirir e cancelar um cartão de crédito

Agora sim você já conhece os principais detalhes sobre um cartão de crédito! Só falta saber como solicitá-lo e cancelá-lo, se necessário, não é mesmo? Vou explicar como funcionam esses procedimentos a seguir.

A aquisição do cartão de crédito

A primeira dica aqui é pesquisar e comparar. Não aceite de cara a primeira opção que encontrar, pois é preciso avaliar cada detalhe para descobrir qual o melhor para você. Os bancos e instituições oferecem condições e benefícios variados, então se informe e compare.

Você pode pedir a ajuda de alguém de confiança, que entenda sobre o assunto. Além disso, existem algumas plataformas que podem auxiliar, como simuladores e o Serasa eCred.

Essa pesquisa é muito importante para confirmar, mas muitas vezes é uma boa opção fazer o seu cartão no banco em que você tem sua conta-corrente. Assim, eles já têm acesso aos seus dados e fica tudo em um lugar só. Para fazer a solicitação, você pode entrar em contato com a instituição pela Internet ou por telefone, ou mesmo ir pessoalmente até lá.

Não deixe de levar em conta seu orçamento para escolher as condições e o valor mínimo. Uma boa indicação é criar ou revisar seu planejamento financeiro antes de tomar uma decisão. Assim, você já evita dores de cabeça no futuro. No caso do cartão de crédito para quem tem score baixo, também é necessário ficar atento. Confira a sua pontuação e saiba que isso pode influenciar o comportamento do banco, então talvez seja melhor procurar aumentar seu score primeiro.

O cancelamento do cartão

Em casos de inadimplência, faturas em atraso ou em aberto será preciso conferir o contrato e negociar a dívida com a instituição. No caso de roubo, furto ou perda do cartão, você pode entrar em contato por telefone ou, muitas vezes, pela Internet, para solicitar que ele seja bloqueado. Serão pedidos alguns dados, como seu nome completo, data de nascimento, número do cartão ou seu CPF.

Caso você deseje cancelar o seu cartão por algum outro motivo, também serão solicitados seus dados. Isso também pode ser feito por telefone e, algumas vezes, pela Internet. A maior diferença é que será necessário mais paciência e uma postura mais firme, pois o banco vai insistir para que você não faça o cancelamento. É comum oferecerem promoções para manter o cliente, por exemplo.

Ao cancelar seu cartão de crédito, não deixe de anotar o número do protocolo do atendimento (que deve ser fornecido tanto no processo por telefone quanto pela Internet). Solicite também que enviem um comprovante do cancelamento e mantenha tudo isso com segurança. Esses dados são importantes para se prevenir, então fique atento a eles. Se não forem enviados, entre em contato com a instituição, o SAC, ou a Ouvidoria responsável. O Procon pode ser acionado em última hipótese.

O cartão de crédito é um assunto sério e exige atenção. Hoje em dia, muitas pessoas banalizam o seu uso ou têm dificuldades com o controle financeiro, mas conhecer os seus detalhes é um passo de extrema importância para aprender a lidar com ele. Quando bem utilizado, esse pode ser um recurso com verdadeiras vantagens, então espero ter ajudado você nessa descoberta.

O que achou dessas dicas e informações sobre o cartão de crédito? Respondi todas as suas dúvidas? Não deixe de continuar acompanhando os conteúdos e novidades do blog. É só assinar a nossa newsletter!

8 Shares:
Talves goste