Seguro de danos a terceiros: quando é possível cobrir os estragos?

seguro de danos a terceiros: adolescente falando ao telefone

Os incidentes acontecem. Essa é uma regra invariável ao cotidiano de qualquer pessoa, e é justamente por isso que os consumidores devem pensar nesses raros momentos, estando preparados para lidar com situações difíceis. Com isso em mente, elaboramos este conteúdo sobre o seguro de danos a terceiros.

Como você perceberá nesta leitura, esse é um serviço fundamental para amenizar o peso financeiro e emocional de um acidente, pois garante o suporte indenizatório e médico para as pessoas envolvidas no ocorrido. Sendo assim, não perca tempo e descubra mais sobre o tema. Acompanhe!

O conceito e funcionamento do seguro de danos a terceiros

Para aqueles que estão pesquisando por uma boa apólice, esse é um assunto recorrente, pois toca em um ponto muito importante na resolução dos problemas inerentes a um acidente. Como o nome sugere, esse é um serviço que cobre todo tipo de dano (pessoal e patrimonial) que o usuário possa causar em uma ocorrência.

Além disso, também é importante destacar a quem se refere os “terceiros” no nome da apólice. Esse termo faz referência a todo e qualquer prejudicado em virtude de um acidente causado pelo segurado. Por exemplo, digamos que esse cliente se envolveu em uma batida com outro veículo, na qual se constatou que ele foi o culpado.

Para além de cobrir os prejuízos médicos e físicos do outro carro e condutor, esse seguro também indenizará os envolvidos paralelamente, como um morador que teve seu muro destruído, poste derrubado, portão invadido e afins. A apólice oferece assistência para todos aqueles que foram atingidos pela extensão do acidente causado pelo seu segurado.

Já tecnicamente, esse produto é conhecido pela sigla RCF-V, que abrevia a Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos. Adicionalmente a esse serviço, o consumidor ainda pode contratar uma cobertura a danos morais, que pode ser uma ferramenta fundamental ao se proteger do peso de cobranças judiciais e indenizatórias que aconteçam em decorrência do acidente.

Mas para garantir a aplicação, o segurado também deverá conhecer o seu funcionamento. O seguro de danos a terceiros exige, antes de qualquer coisa, o registro de um boletim de ocorrência, em que o cliente ateste a sua responsabilidade pelo incidente, em uma delegacia de polícia próxima ao ocorrido.

Inclusive, isso explica o termo Facultativa na sigla RCF-V, demonstrando o ato deliberado do segurado assumir sua culpa para a ativação da apólice. Feito isso, a seguradora ainda conduzirá uma vistoria nos veículos envolvidos, atestando a culpabilidade do seu cliente. Caso a empresa não veja que o segurado foi o culpado, mesmo com o boletim em que ele atesta isso, a indenização será recusada.

As situações em que essa cobertura opera

Agora, chega o momento de conhecer quais são as ocorrências em que esse seguro poderá ser ativado. Ainda que existam situações bem definidas, você há de perceber que elas são bem abrangentes, atendendo a ampla maioria dos inconvenientes que possam acontecer em uma situação como essa. Dê uma olhada!

cotação seguro

Danos à pintura

Em casos de acidentes leves, é bastante comum que apenas a pintura dos veículos seja danificada. O mesmo vale para estruturas residenciais, quando se comete um erro de baliza, que pode danificar a pintura de um portão, parede, muro ou guarita. Em todos esses casos, o segurado estará coberto caso realize o passo descrito acima.

Mas é justamente nesse ponto que alguns clientes optam por não o fazer. Afinal de contas, acidentes leves e superficiais tendem a ser resolvidos sem a participação policial, apenas com a troca de informações de contato entre os envolvidos.

Ainda assim, para ativar a apólice e não arcar com o prejuízo de reparação, o segurado deverá ir até uma delegacia registrar a ocorrência, indiferente a gravidade do ocorrido.

Despesas médicas e indenizatórias

De uma maneira geral, essa é o maior ponto desse produto aos consumidores. Isso porque, não raramente, os acidentes deixam pessoas lesionadas, com sequelas leves ou severas. Já em outros casos, ocorrem fatalidades. Para todos os efeitos, o seguro de danos a terceiros tem uma cobertura ampla, englobando todos os custos inerentes à reparação de danos pessoais ou corporais.

Isto é, o segurado estará isento do pagamento de valores reclamados pelos envolvidos ou seus familiares, em função de morte, invalidez, despesas hospitalares e médicas posteriores ao ocorrido. Nesse contexto, o seguro opera, indenizando e arcando com todas as reclamações (justas) pleiteadas pelas vítimas.

Danos estruturais

Em acidentes mais intensos, é bem comum que os amassados surjam por todos os lados, que podem envolver a lataria dos veículos, a queda de um poste ou a rachadura de um portão. Em todos esses casos, e nos demais que você possa imaginar, o seguro protegerá seu cliente, provendo os valores necessários para a reparação, manutenção ou substituição dos itens envolvidos no incidente.

Danos a outros objetos

Agora, podemos imaginar uma batida contra um veículo estacionado. É bastante natural que as pessoas deixem alguns pertences, muitas vezes de valor, dentro de seus automóveis. Em uma batida mais severa, o carro que recebe a pancada pode ter sua lataria bastante deformada, o que por consequência acabará danificando a estrutura de algum eletrônico deixado no interior do veículo.

Nesse caso, o seguro de danos a terceiros também opera como uma proteção, indenizando o proprietário para além das situações listadas acima, com o valor de reposição do pertence perdido. Como pode ver, essa apólice tenta abraçar todas as situações possíveis, minimizando as tensões e reduzindo as perdas, tanto ao seu cliente como àqueles que ele impactou.

No fim das contas, cabe ao consumidor identificar uma boa seguradora, na qual ele possa confiar seus recursos para garantir essa proteção quando necessário. Mas é aqui que muitos brasileiros se veem confusos, pois não conseguem identificar uma boa empresa para essa contratação. Bem, é justamente aqui que entra a Youbo!

Agora que você conhece o seguro de danos a terceiros, já pode entrar em contato com a nossa equipe. Aqui, você poderá sanar todas as suas dúvidas no tema, descobrindo as melhores empresas do segmento e utilizando da melhor plataforma online para a contratação de seguros. Para tanto, acesse o nosso portal e solicite uma cotação!

consorcio ebook
1 Shares:
Talves goste