Por que você deve contratar um seguro-viagem?

Por que você deve contratar um seguro-viagem?
Por que você deve contratar um seguro-viagem?

Se bem planejadas, as viagens são garantia de diversão e relaxamento, permitindo que você aproveite cada segundo do local escolhido. No entanto elas demandam muitos cuidados, que devem começar a ser pensados bem antes de fazer as malas. Entre essas precauções, está a contratação de um seguro-viagem.

Mas por que contratar um seguro-viagem? Para responder a essa pergunta, preparamos este artigo, que explica como esse tipo de seguro funciona, quais são os seus benefícios e como aproveitá-los da melhor maneira para ampliar a sua tranquilidade e evitar que sustos atrapalhem a viagem. Boa leitura!

O que é e como funciona um seguro-viagem?

O seguro-viagem é um tipo de serviço que garante à pessoa segurada a assistência médica necessária em caso de problemas de saúde e a cobertura para alguns outros infortúnios que possam surgir no período em que ela estiver fora de casa, durante a viagem. Um seguro-viagem pode servir tanto para destinos nacionais quanto internacionais, mas é mais comum que ele seja contratado por quem tem como destinos locais fora do país.

Normalmente, a duração de um seguro-viagem está condicionada ao período de deslocamento e estadia no destino escolhido. A regulamentação desse setor é feita pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), a mesma de outros tipos de seguro, como de veículos, de imóveis ou pessoais.

Uma boa forma de entender como funciona um seguro-viagem é pensar nele como um plano de saúde temporário: enquanto ele estiver ativo, o segurado pode acioná-lo de acordo com os imprevistos que possam surgir e as coberturas que foram contratadas, que podem ir além de questões médicas.

Quando é possível acionar a cobertura desse tipo de seguro?

A cobertura de despesas médicas é a principal de um seguro-viagem, o que garante o pagamento de gastos com médicos, hospitais e demais cuidados caso algum problema de saúde surja durante o período fora de casa.

No entanto os seguros dessa categoria vão além, com coberturas que podem ser interessantes de acordo com a necessidade do viajante. Outra proteção bastante comum para situações mais graves e que ninguém espera que aconteça é a que garante a indenização por falecimento e as despesas com o regresso do corpo para o país de origem. Há, ainda, o chamado regresso sanitário, que é quando o turista é contaminado com uma doença durante a viagem e não pode retornar de forma normal.

Além disso, um viajante com seguro-viagem pode receber reembolso caso tenha sua bagagem extraviada pela companhia aérea ou caso seu voo seja cancelado e prejudique seu itinerário. Por fim, algumas coberturas oferecem suporte em situações de perda de documentos e apoio na língua materna do segurado.

Na maior parte dos casos, para acionar o seguro viagem, é necessário entrar em contato com a seguradora pelos canais de atendimento disponíveis, sempre tendo em mãos os seus dados pessoais e o número da apólice.

Normalmente, a cobertura dos seguros-viagem preveem o reembolso das despesas médicas. Ou seja, o segurado receberá de volta os valores pagos depois de comprovar as despesas geradas pelo seu problema de saúde. Isso não impede que a seguradora encaminhe o segurado para serviços médicos próprios ou contratados diretamente por ela.

Para problemas envolvendo cancelamentos de voo, bagagens extraviadas ou perda de documentos, o processo é similar: entrar em contato pelos canais disponíveis, informar a apólice e qual o seu problema e receber as orientações de como proceder para contornar a situação com o apoio da cobertura do seguro.

Quais os benefícios de contar com um seguro-viagem?

Se imprevistos médicos já podem custar uma fortuna dentro do seu país de origem, imagine o preço disso em países com outra moeda e no qual você não faz muita ideia de como funciona o sistema de saúde? Dessa forma, qualquer pequena necessidade médica pode se transformar numa despesa considerável se você não contar com um seguro-viagem. Tudo isso sem pensar nos casos mais graves, que podem envolver cirurgias ou internações.

Outra questão que ressalta a importância de contar com um seguro-viagem é a obrigatoriedade. Isso mesmo. Em muitos países, você não terá sua permissão para entrar concedida se não apresentar uma apólice válida em algum momento do processo de imigração, mesmo em viagens a turismo de curta duração.

Esse é o caso, por exemplo, de alguns países da América Latina e da maioria dos países europeus. Com exceção de Irlanda e Reino Unido, quase todos os países daquele continente (que fazem parte do chamado Tratado de Schengen) exigem dos turistas uma apólice com cobertura de pelo menos 30 mil euros, com vigência ao menos igual ao tempo de permanência nos país.

Quais as diferenças entre o seguro-viagem e o seguro-saúde?

Na hora de contratar uma apólice e viajar com maior tranquilidade, é comum se deparar com uma opção alternativa ao seguro-viagem: o seguro-saúde. Ambas as opções tentam cumprir os mesmos objetivos, funcionam de forma similar, mas guardam algumas diferenças.

A principal diferença está na extensão da proteção oferecida. O seguro-saúde restringe a sua atuação quase sempre a questões médicas, enquanto o seguro-viagem, como você viu neste post, garante ao segurado apoio em diversas outras situações, não restringindo sua atuação aos problemas de saúde que o viajante possa ter.

Por causa dessa cobertura mais efetiva, os seguros-saúde quase sempre são menos procurados que o seguro-viagem, que pode ter preço um pouco maior, mas representa um custo-beneficio melhor diante da proteção garantida em outros aspectos.

De qualquer forma, antes de fechar a contratação, é importante pesquisar bem quais são as suas necessidades, avaliar quais são as coberturas oferecidas e aquilo que fica de fora do que é coberto pela seguradora, sempre verificando se elas são compatíveis com as exigências do seu destino. Não menos importante é verificar a reputação no mercado da empresa contratada.

Viu por que você deve contratar um seguro-viagem? Agora não se esqueça de colocar isso entre as etapas do planejamento da sua viagem, para que seja possível aproveitar seu destino sabendo que imprevistos estarão cobertos pela apólice contratada.

Quer conhecer as melhores opção de seguro-viagem? Entre em contato com a Youbo agora mesmo e confira nossas soluções.

1 Shares:
Talvez goste