Saiba como usar melhor o cartão de crédito e não perder o controle

Saiba como usar melhor o cartão de crédito e não perder o controle
como usar melhor o cartão de crédito

Quantos casos você já ouviu de pessoas que se enrolaram com o cartão de crédito? Talvez você mesmo já tenha passado por algo assim. A verdade é que, infelizmente, isso ainda é muito comum, pois o controle financeiro costuma ser uma dificuldade para a maioria. É por isso que, no artigo de hoje, vou te dar algumas dicas de como usar melhor o cartão de crédito.

Realmente, esse recurso é vantajoso quando usado corretamente. Quando não tomamos cuidado, porém, pode virar uma bola de neve: podemos perder o controle, gerar dívidas, prejudicar nosso orçamento e ficar com o nome sujo. Para evitar esses problemas, confira as sugestões que separei a seguir. Continue a leitura e comece a fazer mudanças!

Faça um planejamento financeiro

Quando você se planeja e tem objetivos definidos, fica bem mais fácil manter o controle do cartão de crédito. Ao saber, com mais precisão, quais gastos são realmente necessários, você evita desperdícios e despesas impulsivas.

Para fazer seu planejamento, considere toda a sua situação financeira: seus ganhos por mês, suas despesas fixas, gastos que são prioridade e seus planos e desejos para o futuro. Pense, então, em quais desses itens precisam mesmo ser passados no cartão, pois a intenção é reduzir o uso desse recurso.

Deixe claro para o que ele será utilizado e siga o que você definiu. Um planejamento ajuda não apenas a controlar o cartão, mas a economizar de forma geral.

Use o parcelamento de compras de maneira estratégica

A possibilidade de parcelar suas compras no cartão é, muitas vezes, uma questão perigosa: isso faz parecer que não estamos abalando tanto nosso orçamento e facilita para que percamos o controle. Além disso, a incidência de juros no rotativo também aumenta com esse fator. É por isso que a dica aqui é parcelar apenas em momentos estratégicos.

Priorize o pagamento no dinheiro ou no cartão de débito à vista. Deixe para parcelar com o cartão de crédito apenas quando for realmente necessário e vantajoso, analisando bem cada situação. Em outras palavras, deixe de usar esse recurso como um hábito ou um facilitador para todos os momentos. Isso ajuda a ser mais realista e a cuidar melhor das suas finanças.

Estabeleça um limite de gastos

É fundamental saber até onde você pode gastar sem prejudicar a sua renda. Por isso, não deixe de definir um limite máximo para gastar no seu cartão de crédito. Você pode colocar esse valor como o próprio limite do cartão. Assim, ficará impossibilitado de fazer gastos maiores que afetem seu orçamento.

O recomendável é que o limite seja de, no máximo, 50% da sua renda. Se você tem mais de um cartão, então a soma dos seus limites deve dar esse valor. Dessa maneira, fica mais fácil se controlar e evitar gastos desnecessários. A ideia também é válida para cartões de seus dependentes: defina um limite baixo, para evitar surpresas com a fatura.

Registre todas as suas despesas

Essa é uma maneira de acompanhar de perto suas despesas, facilitando o seu controle. É importante que você registre tudo, desde compras do dia a dia, um lanche ocasional ou até uma compra mais cara.

simular financiamento

Também é interessante separar os gastos feitos no dinheiro e no cartão, para deixar tudo ainda mais claro. Além disso, não deixe de categorizar: separe todos os custos com alimentação, contas da casa, combustível, saúde e lazer, por exemplo.

Dessa maneira, você percebe melhor para onde seu dinheiro está indo, verificando se há algum exagero ou em quais pontos se pode economizar. Existem diversas alternativas para fazer esse registro: é possível usar ferramentas como um aplicativo, um planner, uma planilha ou um simples caderninho. O importante é descobrir o que funciona melhor para você.

Pague sempre o valor integral da fatura

Os cartões de crédito dão a opção de parcelar sua fatura ou pagar o valor mínimo, entrando no rotativo. Embora essas pareçam ser boas alternativas à primeira vista, é preciso tomar muito cuidado e evitá-las ao máximo.

O rotativo tem valores de juros muito altos e as prestações também, mesmo sendo um pouco mais baratas. Você corre o risco de apenas aumentar as suas dívidas e se enrolar ainda mais. Por isso, o mais recomendável é que seja pago o valor integral da sua fatura.

Tenha apenas um cartão de crédito

Ter muitos cartões de crédito torna as coisas mais complicadas e dificulta o controle das suas finanças. O mais recomendável é, portanto, ter apenas um cartão, com apenas um limite de gastos. Caso isso não seja possível, tenha no máximo três. Assim, você se organiza melhor e acompanha seus gastos com mais clareza. Quando se tem muitos cartões, é necessário pensar que também pode haver mais juros e anuidades, por exemplo.

Uma outra ideia, para o caso de famílias, é ter apenas um cartão titular e colocar os outros como dependentes. Dessa maneira, vocês acumulam juntos os pontos e benefícios. Essa é uma alternativa que se pode avaliar e verificar se é válida para cada situação.

Consulte seu saldo com frequência

Essa dica está muito relacionada a um dos tópicos anteriores, em que eu sugeri que você registrasse todos os seus gastos. O objetivo dela é basicamente o mesmo: acompanhar de perto suas despesas e assumir um maior controle sobre elas.

Ao conferir frequentemente o seu saldo, você se torna mais consciente e acaba evitando certos gastos desnecessários. Quando não temos clareza sobre o quanto estamos gastando, fica mais fácil se deixar levar ou se confundir. Uma ideia é fazer essa consulta uma vez por semana, para não perder nada e não deixar as coisas se acumularem.

Ao escolher seu cartão de crédito, você pode ficar atento ao que oferece mais benefícios e vantagens. Alguns cartões não cobram anuidades de seus clientes, por exemplo, o que já cria uma oportunidade para você economizar. Fique de olho, avalie bem todas as condições e encontre a melhor opção!

O que você achou dessas dicas de como usar melhor o cartão de crédito? Já aplicava alguma delas no seu dia a dia? Deixe um comentário contando sua opinião!

consorcio ebook
Crédito com Veículo em Garantia
4 Shares:
Talves goste
Score
Mais

Como Aumentar o Meu Score

Vários brasileiros buscam bancos na esperança de ter aquele empréstimo para quitar débitos que possuem. Quem deseja ser aprovado, deve ter um ótimo score!