Saiba como calcular o limite do cartão de crédito consignado

como calcular o limite do cartão de crédito consignado
como calcular o limite do cartão de crédito consignado

Você já ouviu falar nos cartões de crédito consignados? Eles são cada vez mais procurados por quem quer contar com essa forma de pagamento na carteira e usufruir de algumas vantagens, como juros menores e a ausência de anuidade.

Porém, mesmo que você tenha ouvido falar neles, é bem provável que existam muitas dúvida sobre como esse tipo de cartão funciona, certo? Pensando nisso, vou explicar como calcular o limite do cartão de crédito consignado para que você consiga planejar melhor suas compras. Quer saber mais sobre o assunto? Então, vamos lá!

O que é e como funciona o cartão de crédito consignado?

O cartão de crédito consignado se diferencia de um cartão de crédito comum apenas no momento do pagamento da fatura. Enquanto os cartões tradicionais enviam ao consumidor uma fatura mensal na qual ele pode escolher o pagamento de qualquer valor entre o mínimo e o total, nos cartões de crédito consignados o valor mínimo de pagamento é descontado automaticamente, já na folha de pagamento.

Ou seja, em um cartão de crédito consignado pelo menos o mínimo da fatura será pago de forma automática. O restante do valor gasto deve ser pago da forma tradicional, via boleto. Caso isso não aconteça, o titular do cartão entrará no chamado crédito rotativo, quando o montante que deixou de ser pago é empurrado para o mês seguinte, acrescido de juros e multas.

Para ter acesso a um cartão de crédito consignado é necessário fazer parte de um dos grupos ao qual ele é destinado. Normalmente, eles são concedidos a aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos e em alguns casos para empregados da iniciativa privada contratados via CLT (com a carteira assinada).

A partir disso, o consumidor com o cartão de crédito em mãos terá um limite disponibilizado, com o qual ele poderá fazer compras em lojas físicas e virtuais, bem como efetuar saques ou ainda pagamentos, desde que os valores estejam dentro desse limite preestabelecido.

Além da diferença básica a respeito da forma de pagamento, os cartões de crédito consignados tem outros pontos que costumam os diferenciar dos cartões comuns.

Na maior parte dos casos eles têm juros menores, prazos para parcelamentos maiores quando há utilização do crédito rotativo, limites de saque mais generosos e ausência da cobrança de anuidade. Interessante, não é mesmo?

É sempre importante não confundir um cartão de crédito consignado com um empréstimo consignado, modalidade de crédito já bastante popular. Enquanto com o cartão o consumidor recebe um limite para que possa fazer compras, no empréstimo o dinheiro solicitado é depositado na conta de quem fez a solicitação. Depois disso, as parcelas para o pagamento do acordo são feitas mensalmente, por meio do desconto no salário ou benefício.

Como calcular o limite do cartão de crédito consignado?

Em um cartão de crédito normal, o limite concedido é calculado com base nas políticas da instituição financeira que emite o cartão. De toda forma, no geral são levados em conta a renda do consumidor, seu padrão de consumo e seu histórico no mercado de crédito, avaliando se ele é um bom pagador principalmente de acordo com seu score. É normal também que esse limite seja elevado com o passar do tempo, de acordo com o interesse e as necessidades do portador do cartão.

Com o cartão de crédito consignado a situação é diferente e o limite é disponibilizado de acordo com um cálculo que considera qual o salário ou benefício recebido e a fatia que poderá ser comprometida com o pagamento do valor mínimo das faturas.

De forma geral, aposentados e pensionistas costumam ter como limite 25 vezes o máximo da margem consignável do seu benefício, enquanto servidores públicos podem ter 27 vezes essa mesma proporção para fazer suas compras.

Mais abaixo, vou falar mais sobre o que é e como funciona a margem consignável, mas o pagamento de cartões ela está limitada a 5%. Com esse número em mente, alguns exemplos podem ajudar a entender melhor como esses limites são calculados. Você verá que não é tão difícil quanto parece, acredite!

No primeiro exemplo, vamos imaginar um aposentado pelo INSS que recebe um benefício mensal de R$2000. Nesse caso, levando em conta a margem de 5%, teríamos R$ 100, que multiplicados por 25, resultariam em um limite de R$ 2500. Esse seria o valor que poderia ser usado em compras, saques e pagamentos nessa hipótese.

No outro exemplo, temos um servidor público com salário de R$ 4000. Logo, com a margem de 5%, teríamos R$ 200 vezes 27, resultando em um limite de R$ 5400.

De todo modo, seja qual for o limite disponibilizado, é importante utilizá-lo com cuidado e planejamento, certo? Isso evita que que as faturas nos meses seguintes comprometam muito do orçamento ou se transformem em dor de cabeça diante da cobrança de juros e multas.

Como funciona a margem consignável?

Como você viu, o limite de um cartão de crédito consignado está condicionado ao tamanho da renda e da chamada margem consignável. Esse termo é bem comum e quem já solicitou qualquer tipo de crédito consignado já deve estar familiarizada com ela.

A margem consignável diz respeito ao tamanho da fatia do salário ou benefício que pode ser comprometida com os descontos referentes ao pagamento de parcelas de empréstimos ou outras formas de crédito consignado.

Como regra, a margem total é de 35%, sempre calculados sobre os valores líquidos recebidos após descontos feitos em folha de pagamento. Ou seja, quem recebe R$2000 pode ter até R$ 700 descontados do seu salário.

Mas tenha cuidado! Não é o total dessa margem que pode ser comprometida com um cartão de crédito. Conforme mencionamos nos exemplos, apenas 5% dela pode ser empregada para o uso de cartões. Os 30% demais são destinados ao pagamento dos empréstimos consignados.

Ah, sempre que vale destacar que novos empréstimos ou aumento do limite do cartão de crédito sempre estão condicionados a existência de margem para isso. Caso contrário, essas operações não serão aprovadas.

Entender como calcular o limite do cartão de crédito consignado é calculado é essencial para saber se essa opção é a ideal para seu bolso e para orientar seu uso sempre com sabedoria. Dessa maneira, será possível aproveitar todos os seus benefícios sempre.

Quer conhecer as melhores opções de cartões? Entre em contato com a Youbo agora mesmo e veja como podemos ajudá-lo.

9 Shares:
Talvez goste
Score
Mais

Como Aumentar o Meu Score

Vários brasileiros buscam bancos na esperança de ter aquele empréstimo para quitar débitos que possuem. Quem deseja ser aprovado, deve ter um ótimo score!