AUMENTO DA MARGEM DO INSS: entenda a medida do governo de ampliar o consignado

aumento da margem do INSS

O governo anda levantando uma série de medidas para auxiliar a população em meio à crise do COVID-19, e uma delas é o aumento da margem do INSS. Não entende o que isso quer dizer? Continue lendo e saiba mais sobre.

No que o aumento da margem do INSS pode ajudar?

A proposta para a medida foi feita em março deste ano e consiste em estender o limite de empréstimo consignado do INSS. Apesar de um projeto de lei não ter sido publicado até agora, foi divulgada a informação que o governo o encaminhará em poucos dias.

Nesta segunda-feira, Bruno Bianco, secretário especial de Previdência e Trabalho, pediu um pouco de paciência, em uma live promovida pela Mag Investimentos, pois o aumento da margem do INSS já está sendo estruturado. Também reforça que todas as medidas tomadas pelo governo para bater de frente com os efeitos econômicos da pandemia cabem dentro do orçamento do Brasil, e que estão sendo olhados bem de perto pelo Ministro da Economia Paulo Guedes.

Neste momento de espera pelo aumento da margem do INSS de empréstimos consignados para aposentados e pensionistas, Bruno Bianco ressalta que o governo já propôs modificações nos juros e prazos, as quais não dependem de leis.

Tais modificações foram propostas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e foram aprovadas pelo Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS). Elas reduzem o teto dos juros do empréstimo consignado, dando vantagem aos beneficiários, além de estender os prazos para pagamento da dívida.

Assim, a taxa de juros cobrada pelo empréstimo consignado será de 1,80% ao mês – sendo que antes eram de 2,08% -, enquanto a do cartão de crédito consignado, 2,70% ao mês – os quais antes eram de 3%. Já a quantidade de parcelas para pagar a dívida irá para 84 meses.

Além disso, Bruno Bianco reforça que o governo propôs medidas trabalhistas complementares para apoiar a economia neste estado de calamidade pública, como as Medidas Provisórias nº 927 e 936, prorrogação dos prazos de pagamento dos tributos dos MEI e de impostos no geral, além das declarações de renda, renegociação de dívidas, etc.

Isaac Sidney, presidente da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), também afirmou na segunda-feira que as instituições financeiras estarem em um processo de estudo para entenderem a possibilidade de concederem um período de carência para clientes do crédito consignado.

Agora resta esperar para que o projeto de lei que visa aumento da margem do INSS seja publicado e sancionado o mais rápido possível. Assim, aposentados e pensionistas poderão respirar um pouco mais aliviados e desfrutar de mais este benefício para passar por estes tempos difíceis.

A Youbo e a pandemia

Você sabe que a Youbo está ao seu lado em todos os momentos de crise, e esse não será diferente. Estamos presentes na vida de todos os aposentados e pensionistas a todo momento pelo digital e agora, mais do que nunca, estamos a todo vapor.

Não passe sufoco algum e faça seu empréstimo consignado, ou peça seu cartão de crédito consignado, com as menores taxas e os menores juros, tudo pela internet. Queremos – sempre – continuar a cuidar de você.

6 Shares:
Talvez goste