O que você deve saber sobre o empréstimo com veículo de garantia

Crédito com Veículo em Garantia

Com a economia ruim do país, muitas pessoas acabam se endividando ou ficando sem dinheiro para conseguir realizar ações como comprar um carro ou uma residência.

Nos dias de hoje, existem diversos tipos de empréstimos disponíveis em bancos e instituições financeiras para quem, por exemplo, quer quitar uma dívida. Quem já tem um automóvel, pode optar por solicitar o crédito com veículo de garantia.

Você sabe como essa modalidade funciona? Caso não, fique tranquilo. Vamos explicar o que ela é, quem pode contratá-la e como fazer isso. Confira!

O que é o crédito com garantia de veículo

Também conhecido como refinanciamento de veículo, esse modelo de crédito tem como característica principal o solicitante oferecer seu automóvel como garantia de que o empréstimo será pago.

Então, se houver inadimplência por parte do tomador, a instituição pode pegar o carro ou moto dele para que ela não perca o valor que emprestou. Sendo assim, o devedor deve ficar atento às parcelas e se programar para pagar o que foi combinado.

Há várias vantagens para quem decide solicitar esse modo de crédito, mas um dos maiores benefícios é a quantidade de dinheiro que pode ser concedida. Por haver previamente uma segurança para o banco, existe a possibilidade dele liberar um valor maior para o solicitante.

Essa modalidade é ainda flexível, ou seja, ao receber o fundo você pode gastar com o que desejar. Por essa razão e pela quantia elevada que é disponibilizada, muitos utilizam esse empréstimo para comprar um novo carro, uma residência ou até abrir uma empresa própria.

Se você busca realizar algumas dessas ações ou quer quitar uma dívida e tem um carro, esse tipo de empréstimo é uma boa opção. Por isso, vamos explicar melhor como ele atua.

Como funciona a modalidade

Como foi dito, o mais importante nesse crédito é o veículo dado como garantia, porque ele é um fator decisivo para outras características do negócio.

O valor do empréstimo, por exemplo, pode ser de 50% até 90% do preço do automóvel, dependendo do banco e do veículo em si. Quanto mais novo e em melhores condições ele estiver, melhor será o valor do crédito.

Como há o automóvel como garantia e o risco para a instituição financeira se torna menor, as taxas de juros também são menores se comparadas com outros tipos de empréstimo.

Para fazer esse negócio, o cliente pode oferecer desde um carro, uma moto e até um ônibus ou um caminhão. Contudo, lembre-se de prestar atenção à idade do seu veículo para conseguir um valor mais satisfatório.

Os carros, inclusive, devem ter até dez anos de fabricação para que o pedido de empréstimo seja analisado, afinal, o fato de ter um automóvel não garante que sua solicitação será aceita.

Para que isso aconteça, o banco examina as condições do bem que você está cedendo e determina qual é o real valor dele. Alguns itens verificados são o ano de fabricação, a quilometragem e o estado do automóvel. Depois disso, o credor analisa o cenário e garante que é um bom negócio emprestar dinheiro para você.

Caso o pedido de empréstimo seja aceito, o carro ou moto se torna a garantia da instituição, porém o patrimônio não fica em posse dela. O proprietário pode continuar usando o veículo normalmente. O dono só fica proibido de vender o bem material até que toda a dívida seja quitada.

Como é o pagamento

De acordo com a empresa que você fizer seu negócio, terão algumas diferenças na hora do pagamento, mas em geral, o processo é simples.

O valor pode ser parcelado em um grande período, como 48 meses e até 60 meses, dependendo da instituição. As taxas costumam ser pré-fixadas, então o solicitante sabe quanto terá que pagar por mês e pode se planejar para não ficar inadimplente.

Além disso, se ele realizar o empréstimo com um banco que ele já é cliente, o pagamento poderá ser feito com débito em conta, o que facilita bastante todo o procedimento.

Fazer esse modelo de crédito tem certas vantagens, porém, é preciso cumprir determinados requisitos para obtê-lo. Se você está pensando em pedir o seu, descubra no próximo tópico quais são as exigências para solicitá-lo!

Quem pode contratar

Existem algumas condições para que alguém possa requisitar um crédito com veículo como garantia. A primeira delas é que o automóvel deve estar no nome do solicitante. Caso não esteja, o pedido não será analisado. Mesmo que o requerente seja casado e, por exemplo, o carro esteja no nome do parceiro (a), a solicitação será negada.

O veículo ainda tem que estar totalmente quitado e não pode ser garantia de outras instituições financeiras. Além disso, tudo deve estar em dia no DETRAN (Departamento de Trânsito), ou seja, sem nenhuma pendência, multas em aberto ou infrações.

O bem material deve estar em bom estado, conversado e funcionando corretamente também. Se ele não estiver em boas condições, provavelmente o empréstimo não será aceito ou o valor emprestado será baixo.

Os negativados podem conseguir um

Uma grande dúvida sobre essa modalidade é se pessoas que estão com o nome negativado podem requerer esse modelo de crédito. A resposta é: depende. Certos bancos aceitam correr um risco maior, pois têm o automóvel como garantia, e outros recusam mesmo com esse fator.

O importante é lembrar que, nesse caso, não há um impedimento. Então, o indivíduo com o nome negativado pode tentar conseguir o crédito, o único porém é que não há a certeza de que o pedido será aceito.

Além do veículo passar por uma vistoria, a pessoa também terá o seu perfil de crédito analisado para que os riscos sejam medidos. Na hipótese de que ela possua um nível não muito alto de inadimplência e mantenha um bom comportamento no mercado, pode ser que ela seja capaz de pegar o empréstimo.

Se não, ela ainda pode tentar melhorar sua imagem aprimorando seu score. Assim, suas chances aumentarão e o refinanciamento de automóvel pode se tornar realidade.

Para quem já se decidiu e acredita que o crédito com veículo de garantia é a melhor opção, mostraremos, a seguir, como conquistá-lo. Vamos lá?

Como contratar um

Bancos tradicionais, como a Caixa Econômica e o Banco do Brasil, oferecem esse empréstimo, assim como instituições digitais. Se o cliente desejar, é possível fazer simulações online em sites de determinadas empresas para que ele tenha uma noção do quanto terá que pagar e em quanto tempo.

Primeiro, é necessário analisar as ofertas das firmas e decidir qual se encaixa melhor em seus planos e orçamento. Afinal, você deverá pensar no quanto terá que pagar por mês e se programar para essa conta extra.

Por isso, o planejamento é fundamental para realizar um empréstimo, seja o de veículo com garantia ou outra modalidade. Nesse caso, há a alternativa de o credor pegar o seu automóvel se você se tornar inadimplente, mas ninguém quer chegar a este ponto.

Além disso, sua imagem pode ficar manchada no mercado e você provavelmente contrairá dívidas, ainda mais do que tinha antes. A ideia do crédito é obter ajuda e não se meter em uma fria! Sendo assim, organize-se e concentre-se nas particularidades que cada firma possui.

Preste atenção porque, em algumas instituições, você terá que ser correntista para fazer o pedido do crédito. Há vantagens em pegar o dinheiro de um banco no qual você já tem uma conta, porém não é só esse item que deve ser examinado.

Depois de pesquisar bastante e decidir qual é a melhor escolha para você, preencha o formulário ou entre em contato com um colaborador da empresa. Tenha em mãos RG, CPF, CRV (o documento do veículo), comprovante de renda e de endereço.

O documento que confirma sua renda é necessário, porque o credor tem que se certificar de que você possui condições de arcar com os custos das parcelas e que o dinheiro emprestado será devolvido.

Apesar de não poder pedir o crédito se o registro do automóvel estiver no nome do seu cônjuge, geralmente, é permitido unir o ganho de ambos para que a solicitação seja aceita com mais facilidade.

É importante lembrar que, nessa fase, a empresa responsável pelo empréstimo tem a liberdade de pedir mais ou menos documentos. Portanto, não estranhe se ela requisitar mais dados antes de concluir a análise dela.

Após examinar o seu perfil no mercado, será feita a inspeção do veículo para determinar o valor real dele. Com esses itens, a instituição decide se aceita o seu pedido ou não. Caso ele seja aprovado, é só assinar os documentos e esperar para que o dinheiro seja liberado.

Fazer um crédito com veículo de garantia pode ser uma boa opção para quem quer realizar um sonho, como adquirir a casa própria, ou ter um auxílio financeiro para abrir um negócio.

Antes de tentar conseguir um, lembre-se de observar os requisitos necessários para fazer a solicitação e ter a certeza de que você preenche todos. Planeje-se para não estourar seu orçamento e viva os meses de parcelas tranquilamente.

Agora que você já sabe cada passo que deve tomar para solicitar o seu crédito com veículo de garantia, que tal aprender mais sobre serviços financeiros?

Crédito com Veículo em Garantia
1 Shares: